Log in / Sign up

OET
person
HomeBlogsComo a Marina, enfermeira brasileira esta tendo sucesso no NHS
Como a Marina, enfermeira brasileira esta tendo sucesso no NHS

Para Marina, a jornada de morar e trabalhar como enfermeira em outro país, tem sido de preparação, determinação e aceitação de todas experiências e aprendizados.

Atualmente trabalhando no Hospital Universitário de York e Scarborough, no Reino Unido, Marina foi recentemente promovida a líder de equipe, um cargo sênior na divisão de enfermagem do hospital.

Planejando sua mudança para o Reino Unido

Após conclusão do diploma de enfermagem no Brasil, e após uma experiência de três meses nos EUA em programa de intercâmbio, Marina queria morar no exterior. Ela fez algumas pesquisas sobre destinos e se interessou pelo Reino Unido e seu sistema de saúde.

“Eu queria trabalhar em um sistema público de saúde, que vai ao encontro dos meus valores pessoais. O sistema de saúde do Brasil segue o modelo do NHS, e como me interesso pelo modelo de saúde pública eu pensei que o Reino Unido seria ótima escolha, mesmo com o clima”

Enquanto trabalhava em uma casa de repouso em York, Marina começou a se preparar para exames exigidos para imigrar e trabalhar legalmente como enfermeira no Reino Unido – estes incluíam testes teóricos e práticos de enfermagem, realizados pelo Conselho de Enfermagem e Obstetrícia (NMC), bem como exame de proficiência em inglês. “Eu nunca tinha ouvido falar do OET, tinha apenas ouvido sobre IELTS”

Mudando do IELTS para o OET

Enquanto se preparava para o ILETS, Marina percebeu que era mais difícil e complicado do que ela imaginava.

“Eu comecei a me preparar com um professor do Brasil e tudo mais, mas estava ficando muito ansiosa”, disse ela. “As perguntas eram muito amplas e sobre muitos assuntos diferentes - você poderia ser questionado sobre qualquer coisa, desde música à culinária”.

“Eu comecei a estudar para o Teste de Competência - um teste de competência teórica e prática para enfermeiros que eu precisava passar e então me registrar no NMC para exercer a enfermagem no Reino Unido.” Essa preparação à ajudou a perceber qual teste de inglês seria melhor. “Fiz o teste e passei imediatamente, e senti que deveria para um teste de inglês com foco em enfermagem.”

Trocar do IELTS para o OET facilitou imediatamente o estudo. Como alguns dos materiais de preparação abordavam os mesmos tópicos que Marina estudava para o Teste de Competência NMC, a preparação para o OET reforçou os conhecimentos que ela já possuía.

Comecei a estudar para o OET e me senti muito mais confortável porque tinha conhecimento sobre o que era a prova e as questões de enfermagem

Sucesso no dia do exame

Depois de fazer o teste em um centro em Leeds e ser aprovada, Marina ficou aliviada e pôde começar a se candidatar a vagas de enfermagem em um hospital local em York.

Ela acredita que estudar para o OET a está ajudando a prosperar no local de trabalho. “Na minha opinião, faz mais sentido fazer o OET a qualquer outro teste de inglês porque você já estudou o assunto e o teste está preparando você para o seu trabalho futuro”, disse ela.

Habilidades de comunicação ajudam Marina a avançar rapidamente em sua carreira

Em 2022 Marina foi promovida ao cargo de líder de equipe. “Recebi ótimos feedback de colegas de trabalho sobre meu inglês de como sou capaz de me comunicar muito bem – tudo isso me deu confiança para me candidatar a um cargo de liderança”

Ela acredita que fazer o OET não apenas a preparou para prosperar como enfermeira, mas agora também como líder. “Você precisa lidar com reclamações, tem que lidar com as famílias e com colegas de trabalho de alto escalão, então você precisa ter boas habilidades de comunicação e ter essa experiência clinica”, disse ela.

Tenho certeza que fazer o OET e sua preparação ajudou na minha comunicação para trabalhar no sistema de saúde

O único arrependimento de Marina é não ter feito o OET antes, pois percebeu que os temas eram mais relevantes para o seu trabalho, tornando o estudo mais eficaz no mundo da saúde”

Esta visão é algo que ela gostaria de transmitir a outros enfermeiros – para que possam acelerar o seu sucesso e aprender competências que serão valiosas a todos eles.

Se você planeja trabalhar como enfermeira em um país de língua inglesa, faz mais sentido você fazer um teste que o ajudará à aprender todas as palavras e vocabulários necessários

Seu conselho para quem sonha em morar e trabalhar em outro país? “Apenas tente. Você aprende estudando, vivendo e trabalhando”

Quer começar sua jornada para trabalhar na área de saúde no exterior? Encontre o centro de testes mais próximo de você e agende seu teste hoje!.